Basílica Imaculado Coração de Maria
Surdos
Surdos

A Pastoral do Surdo foi fundada na Basílica Imaculada Coração de Maria no mês de maio de 1996, com a ajuda do pároco padre Ângelo Monreal CMF. A primeira coordenadora foi Maria Teresa Borges (Surda) que ensinou a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) para Ouvintes se tornarem intérpretes nas missas. Na época cerca de 60 Surdos, na maior parte casais, participavam das atividades da pastoral. Por isso mesmo em nossa paróquia foram realizados Encontros de Casais Surdos com Cristo. Ainda hoje recebemos Surdos de várias faixas etárias, vindos de vários bairros do Rio de Janeiro e até de outros Municípios. Também tivemos o privilégio de ter Monsenhor Vicente de Paulo Penido Burnier (o primeiro padre Surdo da América Latina e do Brasil, e segundo do mundo) celebrando Missa em Sinais na Basílica, nos 3os domingos de cada mês até o impedimento por doença em 2004. Temos uma equipe de coordenação constituída por Surdos e a Ouvinte Margareth Maria Lessa Gonçalves, intérprete da pastoral desde sua fundação. São realizados batizados, 1ª Comunhão e Crisma de Surdos. Damos apoio a outras paróquias onde não existe a pastoral, caso algum Surdo ou sua família solicite a presença de um intérprete. A Pastoral do Surdo também atua em outras atividades que necessitem de um intérprete de Língua de Sinais, como no acompanhamento a consultas médicas, internações hospitalares, repartições públicas, mundo do trabalho, instituições de ensino, Fóruns, ou no caso de cerimônias ou celebrações familiares. Desde 2015 são realizadas Oficinas didáticas de LIBRAS, onde paroquianos e visitantes aprendem a Língua de Sinais e conhecem a Cultura Surda. A pastoral se empenha para que Surdos tenham a oportunidade de conhecer, celebrar e testemunhar Jesus Cristo na sociedade de hoje.

 
 
 

(21) 2501-3553

Rua Coração de Maria, 66 - Méier - Rio de Janeiro/RJ

Basílica Imaculado Coração de Maria